segunda-feira, julho 07, 2008

Santa ignorância

Os habituais leitores deste blog sabem que raramente expresso a minha opinião, mas, como dirigia o Dr. Mário Soares, também tenho direito à indignação, senão vejamos:

Desfolhava eu a revista Equitação de Maio/Junho 2008, quando logo no primeiro artigo vejo a imagem que exponho. Já nem consegui ler o artigo, tão abismado que fiquei como o que os meus olhos viam.

O artigo era sobre o Concurso Internacional Oficial de Lisboa, que decorreu no hipódromo do Campo Grande, e ao que parece, uma mente brilhante resolveu dar cor ao desfile dos cavaleiros utilizando como porta estandartes crianças com trajes tradicionais portugueses. Até aqui tudo bem, diria o leitor, não fossem as crianças vestidas por quem é ignorante na matéria (para não chamar asno porque os ditos não têm culpa), e não pensou que o que estava a fazer não seria apenas “para inglês ver”.

Uma organização com 88 anos de existência, que traz a Portugal alguns dos melhores cavaleiros do mundo e que tem a responsabilidade de promover um dos melhores produtos nacionais, o Cavalo Lusitano, devia de ter vergonha da forma jocosa com que trata a etnografia portuguesa.

As meninas que surgem na imagem vestem dois fatos madeirenses (???) de meia vermelha e sapatinho de ir à missa (onde estão as botas ??? e a capa é debaixo do braço ???), o rapazinho veste um trajo …”saloio”??? … de ténis …mas havia mais e tendo em consideração a amostra imagino o tamanho do disparate.

Meus amigos da Sociedade Hípica Portuguesa, e de outras organizações com ideias semelhantes, quando quiserem fazer brilharetes com os verdadeiros, ricos e magníficos trajes tradicionais portugueses solicitem ajuda a quem sabe.

Existem muitos ranchos folclóricos na região de Lisboa e na própria cidade que vos podem dar uma ajuda e aí sim, os ingleses, franceses, argentinos, belgas, brasileiros e portugueses presentes terão um vislumbre do que é verdadeiro e genuíno.

Santa ignorância.

1 comentário:

LUIZ disse...

CONCORDO PLENAMENTE!! É UMA VERGONHA!!!
INFELIZMENTE ISSO É MUITO COMUM SE VER, INFELIZMENTE!