segunda-feira, abril 05, 2010

Mulheres de Capote e Lenço – Algarve


Esta gravura representa as mulheres do Algarve no final do sec. XVIII, quanto se cobriam em público conforme ditavam o cânones da época. Esta tradição ainda existia em algumas localidades na primeira metade do sec.XX, como pode ler em Côca, Biuco e Capelo.

6 comentários:

Brandão disse...

Boa noite! Muito interessante esta tradição! Este capote e lenço deve ser da origem árabe-muçulmana? Véu ou Burka? Cumprimentos.

Anónimo disse...

Bom dia,
O meu nome é Sara Pelicano, sou jornalista na revista online Café Portugal, www.cafeportugal.net e gostaria de fazer um trabalho sobre este blogue e os trajes nacionais.

Por favor contacte-me através do email: sarapelicano@cafeportugal.net

almighty yellowphant disse...

Grande algarve! Eu sou algarvia e ADORO! bom blog :)
dar a conhecer a nossa culture. continue.
beijinhos :)

L&G disse...

"Boa noite! Muito interessante esta tradição! Este capote e lenço deve ser da origem árabe-muçulmana? Véu ou Burka?"

De facto poderão ser resquícios da ocupação árabe.

É também interessante ver que as mulheres Algarvias se vestem de forma muito sóbria, em contraste com a luz aberta que recebem todos os dias. O Minho funciona ao contrário: têm habitualmente tempo cinzento e vestem-se de forma exuberantemente colorida.

Jussara disse...

Olá!Carlos vim fazer pesquisa na internet sobre bordados da Ilha da Madeira,acabei achando seu blog.Vou levar teu link para minha lista de sites e blogs que visito.Voltarei uma outra hora com mais calma,faço artesanato com plástico,emblemas de times de futebol,chaveiros,...

Helena Teixeira disse...

Olá!

Deixo um convite: Junte-se a nós no dia 10 de Junho, em Trancoso, num duplo evento: «Encontro de Bloggers e lançamento do livro "Aldeias Históricas de Portugal - Guia Turístico".Para estar presente, envie um mail para aminhaldeia@sapo.pt a solicitar o formulário de inscrição e o programa das festividades.Faça-o com antecedência, pois as inscrições são até dia 2 de Junho.

Abraço
Lena